Rumo a Malta… deixando enfim a Tunísia!

imagePermanecemos tanto tempo aqui na Tunísia, que já nos sentimos um pouco locais. Já temos uma rede de amigos, frequentamos os mesmos lugares, já sabemos onde tem o melhor doce, o melhor sorvete, os pontos turísticos…

Neste tempo incerto de Covid se instalou uma rotina de aceitação por estar aqui, afinal é um país lindo, culturalmente interessante, uma caminhada pela antiga Medina nos enche os olhos vendo os homens usando longas batas ou longas capas com capuz e as mulheres trazendo um colorido com seus longos vestidos e véus na cabeça, o hijab, usando pelas muçulmanas.

Há muitos jovens e crianças, normalmente os casais tem 3 ou 4 filhos e escuta-se crianças brincando por todos os lados. Consequentemente há muitos jovens e os meninos andam sempre em grupos de 8 ou 10, falando alto e brincando uns com os outros todo o tempo.
Muitos querem sair do País em busca de melhores oportunidades, em busca de um futuro melhor, já que o país atravessa uma crise econômica também agravada pelo Covid.
Mas de forma geral, para nós que conhecemos o mundo árabe aqui o balanço é positivo.
Nos encantamos com os grandes mercados abertos, tipo feira, com caminhões enormes trazendo frutas e verduras frescas e deliciosas, conhecemos novos temperos e sabores e sem falar dos doces árabes a base de gergelim e muitas amêndoas, castanhas, tâmaras e mel.
Conhecemos algumas cidades no ano passado, antes de o Covid chegar, e nos surpreendemos com cada uma delas pela sua importância histórica, pelo estilo construtivo, pelas pessoas que andam pelas ruas dando o tom da religiosidade que permeia por aqui.

Já era tempo de podermos sair para o mar, velejar, passar dias e noites em diversas ancoragens e agora chegou a hora, só a agradecer pelo tempo que estivemos aqui, conhecendo e aprendendo com um olhar Tunisiano.
IMG-20200528-WA0010Fizemos muitos amigos também e convivemos por longo tempo. Agora alguns seguem no mesmo rumo que nós e outros vão para diferentes caminhos, mas levamos todos no coração, lembrando dos churrascos que fizemos juntos, das tardes de costura e artesanato, das viagens que fizemos juntos, das comidas que experimentamos em cada barco, das caminhadas diárias que fizemos juntos, dos dias de feira….

Muitas coisas boas para lembrar e agora saímos carregando as boas lembranças do que vivemos aqui. Namastê!

Dia 1853, 22 de abril de 2021. Morando a bordo em Monastir, Tunísia, Norte da África.

Sobre Sailing Vessel Pharea

Eu, meu marido Renato Teixeira e a Bella, nossa Yorkshire, moramos a bordo e estamos conhecendo muitos lugares dando volta ao mundo em um veleiro. Namastê 🙏🏼
Esse post foi publicado em #SvPhareanaTunísia🇹🇳. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Rumo a Malta… deixando enfim a Tunísia!

  1. Euclesio Manoel Finatti disse:

    Mais um ótimo relato, Caci! Curtindo sempre suas observações e me ajudando a conhecer melhor este lugar que pouco eu tinha de informação, apesar de conhecer um pouco o mundo árabe!

    Curtir

  2. Bruno speranza disse:

    Bons novos portos!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s