Feng Shui, perfeito no barco também!

De tempos em tempos é necessário nos reorganizarmos e uma boa forma de fazer isto é incorporar na rotina a prática chinesa milenar do Feng Shui que propõe a harmonia das pessoas com o ambiente onde vivem, baseado no equilíbrio dos elementos: madeira, metal, água, terra e fogo.
“Os antigos chineses acreditavam que, se você escolhesse o local certo para morar, teria uma vida próspera e equilibrada”, afirma a consultora Cris Ventura que complementa dizendo que “O Feng Shui ajuda no bem viver do dia-a-dia permitindo sentir-se muito bem dentro de sua casa, ou de outro ambiente que siga essa técnica.

Para começar são quatro passos: o desapego, a limpeza, a manutenção e a organização e depois você aplica o Baguá que direciona a colocação de cores e objetos em cada espaço para canalizar a energia. Fazendo um paralelo, é impressionante como estas quatro variáveis estão presentes no dia a dia em nosso barco, pois como o espaço é reduzido, impreterivelmente você precisa:

. Desapegar de tudo o que não usa ou serve mais em sua vida, não há motivo para guardar eternamente coisas desnecessárias;
. Manter tudo limpo é essencial. Limpar e limpar toda a poeira, a areia que o vento traz e também internamente, onde passamos grande parte do tempo e aqui com atenção na Bella, que também anda pelo chão sempre “tentando aspirar algo” se acaso encontrar 🤣🤣🤣.

E um parênteses para aqueles que não moram em um barco… Vocês não tem noção de quanto é chato a questão dos cabelos no chão. As vezes penso… Uau como não estamos carecas com tanto cabelo que perdemos… Mas é normal, porém em uma casa essa questão é menos perceptível;

. Fazer manutenção, isso é muito presente numa embarcação, aqui a ordem é fazer na hora o que precisa ser feito, não deixar pra depois… e além disso checar e fazer a prevenção de tudo o que é possível e isso o Comandante faz muito bem, sempre atento ao que precisa ser feito.
. Manter tudo organizado, o que num barco também é primordial, manter as coisas em seus devidos lugares, como diz o Comandante: “para que se necessário possamos pegar no escuro o que precisar” e temos inclusive um inventário relacionando todos os itens que temos guardados no barco.

Bem, o Feng Shui cai como uma luva para quem mora a bordo, sua aplicação evita muitos problemas e complicações e verdadeiramente isso traz paz, sossego, e harmonia, refletindo no bem estar e na saúde de forma geral.

Assim, nesta semana fomos arrumar a cabine que usamos como armário. Estava sentada com o olhar perdido olhando as coisas que estavam lá e há algum tempo sem uso e o Renato perguntou: – O que foi? Eu disse: – estou pensando nestas coisas que temos aqui e quanto tempo demorará para usarmos novamente… Ele disse: – Ok, isso me incomoda também… então vamos passar pra frente, tira tudo o que não estamos usando…
Comecei a tirar as duas bikes (só as usamos na Itália, há dois anos atrás), dois fogões elétricos que usamos quando estamos plugados no pier da Marina e como não temos a intenção de ficar em Marina agora, está sem uso também, peguei um bote inflável que achamos no mar e brincamos com ele algumas vezes no verão mas que não justifica mantê-lo para usar eventualmente, retirei os dois cobre-leitos das camas, pois compramos outros para renovar.
Enfim, apesar do mau tempo e um pouco de chuva, colocamos tudo no bote e levamos para a praia onde tem coleta seletiva, porém as bikes já ficaram com o garçom do restaurante da praia que ficou bem feliz em recebê-las. Depois disso, veio a sensação de desapego, é incrível o alívio que dá! Mais leves agora e com a cabine mais organizada.

O essencial é manter o foco de não acumular coisas e definir o que é essencial e não sobrepor coisas, ou seja, se comprar uma nova devemos nos desfazer da velha.

Lembro de nossa cozinha quando morávamos em terra de quantos jogos de pratos, panelas, copos e talheres diferente tínhamos… Hoje no barco temos somente um jogo de café e jantar com 6 peças cada e aprendemos que é o suficiente. Com criatividade é possível manter a harmonia recriando o ambiente com pequenos detalhes para deixar ainda mais aconchegante!

É necessário educar-se para limitar o consumo e avaliar se aquilo é imprescindível, se você tem outro quase igual ou com a mesma função, quanto isso vai lhe custar e onde você vai colocar?! Depois destes quase seis anos morando a bordo, com certeza mudaram as nossas necessidades e precisamos de muito menos para viver e isso gera uma sensação de liberdade e de leveza incríveis! Namastê 🙏🏻 🇹🇷

15 de novembro de 2021. Morando a bordo do veleiro SV Pharea em Yalikavak, Turquia. 🇹🇷

Post 401

Sobre Sailing Vessel Pharea

Eu, meu marido Renato Teixeira e a Bella, nossa Yorkshire, moramos a bordo e estamos conhecendo muitos lugares dando volta ao mundo em um veleiro. Namastê 🙏🏼
Esse post foi publicado em #Svphareanaturquia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s