Da série: conhecendo novos lugares, Tunísia

 

Hoje fizemos um passeio bem legal com os amigos velejadores da Marina, fomos conhecer a cidade de Mahdya, fica há uns 50 km de Monastir e fizemos o percurso de trem.
O primeiro impacto que sentimos ao sair do trem e andar pela cidade foi a limpeza das ruas, não que estivessem totalmente limpas, mas em comparação a Monastir e outras cidades que estivemos até agora, sem dúvida Mahdya é a mais limpa.
Viemos conhecê-la por ter um grande porto, o antigo porto fenício que no século IX foi a primeira capital de uma dinastia islâmica que alcançaria a grandeza, a dos fatímidas. Posteriormente, permaneceu um porto estratégico cobiçado por muitas potências, tem também um belo farol e uma das praias mais badaladas da Tunísia 🇹🇳.
 O visual é bem bonito, caminhamos a pé contornando um antigo forte, a Mesquita e passamos pelo Cemitério Marinho em frente ao mar, todo pintado de branco, compondo uma diferente paisagem.
Passamos pelas ruínas do  século IX, entramos na Medina, construída pelos Árabes e que abriga a velha cidade murada com suas ruelas estreitas e casas brancas com portas verdes, vimos tecelões, casas de banho turco, os souks coloridos, com as suas diversas lojas, padeiros, ervanários, ourives, especiarias e roupas típicas… Tudo muito interessante é curioso.
Fomos também ao mercado do peixe, onde também há aves vivas para abate e a venda de muitas especiarias. Aqui a comida é bem apimentada, o costume é usar uma pasta vermelha de pimenta, chamada harissa, que vai em quase todos os pratos, alguns dá para pedir sem pimenta, mas o que já é pronto, como o cuscuz, por exemplo, já vem com harissa na água do preparo.


Mahdya por sua louca localização costeira foi bastante disputada pelos povos antigos, é uma antiga é importante cidade da Tunísia 🇹🇳. Hoje tem desenvolvido o turismo com uma grande rede de hotéis e resorts que atraem muitos turistas, principalmente europeus.
Taí mais um lugar bem legal que conhecemos e em companhia dos outros velejadores tivemos um dia adorável. Só a agradecer, Namastê 🙏🏻

Dia 1318. 31 de janeiro de 2020. Morando a bordo, inverno no norte da África, Monastir, Tunísia 🇹🇳

Sobre Sailing Vessel Pharea

Eu, meu marido Renato Teixeira e a Bella, nossa Yorkshire, moramos a bordo e estamos conhecendo muitos lugares dando volta ao mundo em um veleiro. Namastê 🙏🏼
Esse post foi publicado em #SvPhareanaTunísia🇹🇳. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s