Golfo Sarônico, Ilha de Aegina, Grécia 🇬🇷💙

Novamente em Aegina, na Ilha dos pistaches. Chegamos no dia 04/10 final do dia e ancoramos próximo a marina.
Na manhã seguinte ficamos aguardando a saída dos barcos da Marina e nos dirigimos para lá e coincidentemente ficamos na mesma vaga da vez anterior.

Cidade turística sempre com muitas pessoas indo e vindo. Curtimos a cidade, compramos as novas capas de defensas para repor as perdidas… andamos bastante nos arredores e acompanhamos diariamente a entrada e saída das embarcações e algumas confusões, como uma âncora sobre a outra, barcos que querem entram em vagas menores e também alguns barcos, geralmente de charter, com comandantes despreparados e sem conhecimento e/ou habilidade para atracar na marina. Também tivemos vizinhos super educados e atenciosos, como um norueguês, que pediu se ele podia ligar o motor por 30 minutos para esquentar sua água para o banho (em função do barulho) e já outro polonês que além de receber a ajuda do Renato com os cabos de atracação, simplesmente foi ao totem, tirou nossa mangueira e colocou a dele… não pediu licença e nem se interessou em perguntar como funcionava… mas logo o Renato lhe orientou, que primeiro ele deveria ir ao escritório da marina dar entrada e pagar pelo cartão de acesso à água e energia! No mar ou em terra há “pessoas e pessoas”!!!
Dia 12/10 comemoramos nossa união, já estamos juntos a 16 anos, e de vida nova desde 2016, quando passamos a viver a bordo e novamente sermos donos de nosso tempo. Passamos um dia bem feliz, saímos para almoçar e comemoramos.
E chegou dia 13, fomos esperar nosso amigo Flávio Studart no pier do Porto.  Ele veio com uma embarcação chamada Fly Dolphins, que vem a uma velocidade de 33 knots de Atenas para cá e flutua sobre a água assim que pega velocidade, super legal.
Apresentamos a cidade a ele, o Renato foi com ele visitar o Templo de Apólo e o Museu Arqueológico, andamos pelas ruelas, saímos a noite para tomar um vinho e locamos um carro para dar volta na Ilha e conhecer algumas vilas pitorescas por aqui e também o Templo de Aphaia, filha de Zeus, que não conhecíamos.

Adoramos o passeio, rimos e nos divertimos bastante durante todo o dia, valeu muito a pena!
O Flávio nos recebia em sua casa na Ilha Rasa, litoral do Paraná, onde reunia velejadores amigos e onde também conhecemos vários velejadores e agora temos o prazer de recebê-lo aqui na Grécia 🇬🇷, em nossa viagem de volta ao mundo 🌎.

Bem, nestes dias pretendemos passear muito, conhecer novos lugares, a forma de viver desta gente, conhecer outros velejadores nas ancoragens e aproveitar muito.

Dias 670 a 679. Morando a bordo, Aegina, Golfo Sarônico, Grécia 🇬🇷. Dia 06 a 16 de outubro de 2018.

Sobre Sailing Vessel Pharea

Eu, meu marido Renato Teixeira e a Bella, nossa Yorkshire, moramos a bordo e estamos conhecendo muitos lugares dando volta ao mundo em um veleiro. Namastê 🙏🏼
Esse post foi publicado em #Svphareanagrecia🇬🇷. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s