Atenas – a cidade dos deuses 💙🇬🇷

Estamos agora no Mar Egeu e Atenas é uma megalópole, mais de 5 milhões de pessoas vivem aqui.

Na chegada pudemos ver a cidade esparramada por toda a costa e avançando internamente. Atenas é o “berço da civilização ocidental” e reúne muita história e mitologia.
Optamos por ficar na Zea Marina (37°56.212’N / 23°38.783’E) pois há previsão de ventos fortes nesta semana e assim ficamos abrigados para receberemos nossas visitas.

Aliás, no Brasil eles já estão se preparando para vir e começaram um esquenta de quebra pratos kkk
A Marina fica em Piraeus, onde também há o Porto bem próximo e com muito movimento em função dos grandes navios de passageiros que param aqui. Nestes dias ficamos preparando e adoçando o barco e conhecemos um pouco do bairro de Piraeus.
Na sexta (14) fomos até a embaixada do Brasil 🇧🇷 encaminhar uns documentos e vimos Acrópole de longe, lá no alto, rodeada pela cidade de Atenas.
No sábado preparamos as mochilas e fomos para o bairro de Plaka, ficar com nossos convidados, meu irmão Ilson e cunhada Stela e os amigos Pedron e Simone, todos de Sinop-MT. Eles alugaram um apartamento para dois dias, facilitando assim o deslocamento para os pontos turísticos de Atenas.

Chegaram entusiasmados e bem… só uma ducha… um brinde e saímos passear. A Stela se encarregou de ver os pontos turísticos para visitarmos e optamos por conhecer:
Plaka – conhecido como o bairro dos deuses, por sua proximidade com a cidade antiga de Acrópole. É o bairro mais antigo e tem ruelas com lojas de suvenirs, inclusive made in Grece, dos quais eles muito se orgulham: sabonetes, adereços, produtos gastronômicos, roupas gregas, e ao lado ruas com cafés e restaurantes servindo frutos do mar e comida típica grega, como o Gyros, Moussaka, Souvlaki, Yemista, salada grega, Kebab, iogurte grego e Ouzo, uma bebida típica feita de anis, tudo muito gostoso e com porções gulosas, digo, enormes! Nas ruas as calçadas são arborizadas com cítricos, pés carregados de laranja e limão na cidade toda.
Praça Sintagma – fica no coração geográfico de Atenas e abriga o prédio do Parlamento Grego. Em frente ao edifício do Parlamento está a tumba do “soldado desconhecido” vigiado noite e dia pelos “Evzoni” dois guardas vestidos com um uniforme curioso e tradicional.  Diariamente ocorre a troca de guarda e no domingo as 11 horas a troca é acompanhada por uma bela banda musical.

Praça Monastiraki – é um ponto de encontro no centro de Atenas com muitos cafés e lugares para sentar entre uma caminhada e outra. Nos arredores há o mercado de pulgas com muitas lojas de artesanato, roupas e souvenirs. Seu nome origina do fato de que no século XVII o local era um mosteiro.
National Garden – um grande parque com 160.000m2 e mais de 500 tipos de plantas procedentes do mundo todo. Um lugar para relaxar, caminhar e tomar um bom café.
Kolonati – um dos bairros mais elegantes de Atenas, com edifícios neoclássicos e modernistas, boutiques de luxo, adegas (onde compramos bons vinhos) e lojas com produtos de designers gregos.
Compramos ticket para visitar os pontos turísticos, que se localizam no alto da cidade antiga de Atenas e reúne várias ruínas e sítios arqueológicos.
Acrópole de Atenas – a maior atração de Atenas, tão famosa como o Coliseu e a Torre Eiffel, foi construída em 450 a.C. e suas ruínas sobreviveram a inúmeras guerras ao longo do tempo. A palavra Acrópole significa cidade alta, que eram construídas para proteger as cidades. No caminho passamos por uma feira de artesanato e antiguidades, que enchem os olhos dos turistas, como as tiaras douradas de ramos de louro, uma graça. O Ilson curtiu as ferramentas antigas!
Templo de Zeus – um grande templo dedicado a Zeus, sua construção começou em 512 a.C. e só foi concluído 600 anos depois, pelo Imperador Romano Adriano. Das 104 colunas do templo original restam ainda 15 delas para visitação.
Arco de Adriano – localiza-se próximo ao Tempo de Zeus e foi construído em 130 d.C.
Partenon – Templo construído no século V a.C. e dedicado a padroeira da cidade, Atenas. É o símbolo duradouro da Grécia e da democracia, e é visto como um dos maiores monumentos culturais da história da humanidade.
Templo de Atena Nike – templo em estilo jônico para a deusa Atena, deusa alada da vitória, também localizado na Acrópole de Atenas. Aqui os atenienses adoravam a deusa, na esperança de que ela os ajudasse na longa guerra contra a cidade-estado rival, Esparta. Este templo foi a expressão máxima da ambição de Atenas de se tornar a pólis mais importante da Grécia.

Odeão de Herodes Ático – um antigo teatro localizado na vertente sul da Acrópole de Atenas. As obras começaram possivelmente em torno de 174. O Odeão era uma estrutura coberta, e podia receber até 5 mil espectadores. Após as restaurações, desde 1957 voltou a ser usado para apresentações e festivais

Estádio Panatenaico – um dos mais antigos do mundo, 566 a.C. com capacidade para até 50 mil pessoas. No final do século XIX, a estrutura foi escavada e restaurada para o renascimento dos jogos em 1870 e 1875. O estádio também foi usado em 1896, naquela conhecida como os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna.

Museu de Acrópole – um belo museu, inaugurado em 2007, reúne peças, esculturas e outros objetos relativos à Acrópole, inclusive apresenta réplicas de vários monumentos, muito bonito e organizado ajuda a entender a história local.
Andamos muito e ainda ficaram alguns pontos que não visitamos.

A cidade é alegre, movimentada e os restaurantes convidativos para fazer uma boa refeição e apreciar a o vai e vem de pessoas que não pára. Há poucos shopping e o comércio forte é de lojas de rua, uma ao lado da outra, nos pareceu que esta dinâmica tem a ver com a segurança nas ruas, no Brasil 🇧🇷 as lojas migraram das ruas para o Shopping.

Atenas impressionou a todos pelo seu tamanho, boa comida e pelo seu estilo de museu a céu aberto, com ruínas expostas em vários pontos da cidade, uma cidade que é habitada continuamente a 3.400 anos. Nós que estamos acostumados a parar em pequenas cidades até estranhamos a correria da cidade grande, já os demais acostumados e com convivência mais próxima a São Paulo, nem estranharam tanto.
O Renato tem acompanhado a previsão do tempo e haverá ventos fortes, vindos do Norte, terça e quarta, assim ao invés de irmos para leste (Mikonos) onde há a ocorrência dos ventos, desceremos no sentido oeste para ficarmos abrigados e depois retomamos o percurso.
Na terça (17) voltamos para o barco e todos se instalaram, lotação completa das cabines. Todos reagiram bem ao pouco espaço e fiquei por vezes me perguntando…. qual o motivo de deixarem suas ótimas e confortáveis casas para passar férias a bordo… mas creio que o que vale é a nova experiência e isso é muito válido, podemos sempre fazer e experimentar coisas novas, isso nos enriquece!

Depois das explicações do comandante e da mostra sobre segurança a bordo todos ficaram safos bem rapidinho kkk. Fizemos as últimas compras de mercado e na manhã seguinte fomos para Salamina, uma Ilha bem próxima de Atenas, que inclusive foi seu primeiro porto.
Ancoramos numa enseadinha em frente a um pequena cidade (37°54.666’N / 23°30.824’E) e fizemos um churrasco maravilhoso, o Pedron pilotou a churrasqueira. Final do dia descemos para caminhar e paramos num restaurante que serviu um prato típico que o Ilson adorou: queijo feta, cogumelos frescos e tomate tudo assado com muito azeite, uma verdadeira delícia!
Estamos curtindo muito a companhia e a Bella já está a vontade com todos recebendo carinho e atenção. Muito bom estar a bordo e poder compartilhar com familiares e amigos os novos e interessantes lugares que estamos conhecendo na Grécia. Gratidão. Namastê 🙏🏼
Dias 643 a 651. Morando a bordo, Atenas e Ilha Salamina, Mar Egeu, Grécia 🇬🇷. Dia 10 a 18 de setembro de 2018.

Sobre Sailing Vessel Pharea

Eu, meu marido Renato Teixeira e a Bella, nossa Yorkshire, moramos a bordo e estamos conhecendo muitos lugares e dando volta ao mundo em um veleiro. Namastê 🙏🏼
Esse post foi publicado em #Svphareanagrecia🇬🇷. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Atenas – a cidade dos deuses 💙🇬🇷

  1. Que Show Cassi e Renato 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏
    Que coisa boa ver vocês assim felizes e e super adaptados a essa vida, que eu considero maravilhosa. Muito sucesso e bons ventos, espero vê-los em breve meus amigos queridos.
    Muiitos beijos 😘 😘😘😘

  2. Arno c. Lapa disse:

    Parabens Renato e caci, e o cachorrinho viajante, motivo de perpetuo jubilo a felicidade de voces, familia bonita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s