Compartilhando bons momentos na Turquia ­čç╣­čç│

Viajar por diferentes culturas, conhecer novos lugares e ter a oportunidade de vivenciar as tradi├ž├Áes locais ├ę sem d├║vida o sonho de muitas pessoas, que buscam, ap├│s um longo e exaustivo ano de trabalho, por um lugar para relaxar e energizar-se.
Neste último mês de verão, recebemos a visita do amigo, velejador e cardiologista Flávio Studart, que veio de Curitiba para passar alguns dias conosco.
Nos encontramos em Ka┼č, curtimos a cidade e visitamos os pontos tur├şsticos como o Teatro Grego, as Rock Tombs, os in├║meros sarc├│fagos espalhados pelas ruas e curtimos o burburinho da cidade, passeando pelas ruelas estreitas e cheias de lojas de objetos artesanais, tapetes e todo tipo de souvenir t├şpico da Turquia ­čç╣­čçĚ.
Depois seguimos para a regi├úo de Kekova, com suas montanhas, ancoragens abrigadas e a pequena vila de U├žagiz, que no inverno tem cerca de 100 residentes, mas no ver├úo, se transforma em virtude de um n├║mero sem fim de turistas que vem para fazer passeios de barco e ver um pouco da hist├│ria da regi├úo, representada pelas ru├şnas, trilhas nas montanhas que levam a pequenas vilas, hoje em ru├şnas, que foram habitadas pelos Licyos h├í 2.400 anos.
Aqui natureza e história se encontram e formam um lindo e calmo cenário, interrompido só pelos inúmeros barcos de passeio que todos os dias saem e fazem um vai e vem de turistas turcos e estrangeiros que querem conhecer a região.
Visitamos Simena e subimos a montanha at├ę o Castelo, passando pelas ruelas abarrotadas de lojinhas que chamam os turistas querendo aproveitar o pouco que resta da temporada para vender seus produtos, pois provavelmente dentro de um m├¬s tudo estar├í fechado e n├úo haver├í mais o vai e vem dos barcos trazendo os turistas.
Os locais dividem o ano em duas partes, a que ficam mais isolados e a que recebem os turistas e a├ş ├ę outro clima e todos procuram algo para fazer e vender. J├í conhecemos a Deniz e seu marido, dona de um dos restaurantes de Simena, que p├íra o que est├í fazendo e vem nos receber no pier e pede o cabo para amarrar o bote, em frente ao seu restaurante.
Seguimos para Kalekoy e l├í encontramos os velejadores alem├úes Joana e Marcel que convidaram para fazer uma trilha do Caminho dos Licyos no fim do dia. Como ando com meu tornozelo um pouco dolorido, o Renato e o Fl├ívio foram para a caminhada e eu fiquei no barco com a Bella. Eles retornaram umas tr├¬s horas depois e curtiram muito ver as ru├şnas de uma antiga cidade e subindo um pouco mais se encantaram com a vista da ba├şa.
Essa trilha foi menor, mas na primeira ancoragem em Kekova, o Renato e o Fl├ívio fizeram a trilha de Aperlai, tamb├ęm no alto da montanha e com ru├şnas incr├şveis que demonstram o avan├žado aprimoramento arquitet├┤nico para aquela ├ępoca (2.400 anos atr├ís). Ao retornarem estavam literalmente marrons… tal era a quantidade de poeira, pois aqui n├úo chove desde abril, o ver├úo ├ę o per├şodo seco. O Fl├ívio tirou o t├¬nis e pulou na ├ígua de roupa e tudo, tamanha era a poeira que carregava no corpo e roupas….
Tivemos ├│timos dias, bons passeios, bons churrascos de carneiro (aqui a carne de carneiro ├ę muito apreciada), boas conversas entre um drink e outro, os dias foram passando e inevitavelmente j├í era hora do Fl├ívio retornar.
Sempre ficamos ansiosos ao esperar os amigos e familiares que vem nos visitar e quando chegam o tempo voa e parece que nunca foi o suficiente. Mas ficamos muito gratos pela visita, pelo bom tempo que passamos juntos, pelos mimos e gentilezas e por compartilhar nosso dia a dia, nossas aventuras e descobertas. Namast├¬ ­čÖĆ­čĆ╗­čç╣­čçĚ

10 de setembro de 2022. Morando a bordo do veleiro Pharea, na Turquia. ­čç╣­čçĚ

Sobre Sailing Vessel Pharea

Eu, meu marido Renato Teixeira e a Bella, nossa Yorkshire, moramos a bordo e estamos conhecendo muitos lugares dando volta ao mundo em um veleiro. Namast├¬ ­čÖĆ­čĆ╝
Esse post foi publicado em #Svphareanaturquia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ├şcone para log in:

Logo do WordPress.com

Voc├¬ est├í comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Voc├¬ est├í comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Voc├¬ est├í comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s