Travessia mar Jônico, da Itália 🇮🇹 para a Grécia 🇬🇷.

20210913_202639Como nossos planos para este verão incluem conhecer a Turquia, levantamos ancora de Taormina, Itália e aproamos o barco para a Ilha de Kefalonia, na Grécia. Já fizemos essa travessia do mar Jônico em 2018, mas com lugares de partida e chegada diferentes. Na época saímos de Corfu, na Grécia e cruzamos para Rochella Iônica, na Itália.
Fizemos três previsões de saída e a ideia era de velejarmos o máximo possível, com ventos entre 12 e 17 knots, mas infelizmente o vento não se confirmou e assim precisamos motorar a maior parte do percurso de 49 horas.
Estávamos com lua nova e tudo estava escuro, na primeira noite nos encantamos com a beleza do céu e das estrelas. Dava para ver perfeitamente a Via Láctea, e tanto eu como o Renato vimos muitas estrelas cadentes, enquanto nos revezávamos nos turnos da noite. Fazia muito tempo que não via um céu assim, negro e ao mesmo tempo coberto de estrelas. O Renato também observou a trajetória de vários satélites, que aparecem como um bolinha de brilho estável em trajetória retilínea. Pena que na segunda noite o céu não estava tão visível como na primeira.
Durante o dia colocamos uma linha de mão com isca artificial para atum, que é muito comum nesta área e realmente vimos ao longo da esteira do barco, mais ou menos uns 50 metros atrás, um grande atum pulando da água e se desvencilhando da isca, que acabou cortando nas suas investidas. Por um lado foi bom, porque o atum era enorme, creio que mais de um metro, e seria complicado lidar com ele, já que não somos o que se pode chamar de “pescadores”. Nem consigo imaginar o susto da Bella com um peixe daquele tamanho pulando no cockpit. 
Tivemos uma travessia bem tranquila e quando de madrugada estávamos nos aproximando da ilha de Kefalonia, não conseguíamos decifrar de longe uma grande quantidade de luzes vermelhas, em diferentes planos, o que descobrimos mais tarde serem as torres eólicas no cume das montanhas de Kefalonia. Mas a verdade é que a noite, às vezes as luzes, os grandes navios, as nuvens e mesmo as porções de terra se delineiam de diferentes formas em diferentes ângulos. Nem sempre é o que pensamos ser a primeira vista!
Chegamos na Grécia! Desta vez na região do Peloponeso, é muito mais verde, não tem as casas brancas com aberturas azuis, como na região das Ilhas Cyclades, mas tem lindas paisagens e cidadelas para explorarmos. Namastê 🙏🏻
Dias 07 e 08 de agosto de 2021. Travessia de Taormina, Itália 🇮🇹 até Argostoli, Grécia, 🇬🇷, mar Jônico.

Sobre Sailing Vessel Pharea

Eu, meu marido Renato Teixeira e a Bella, nossa Yorkshire, moramos a bordo e estamos conhecendo muitos lugares dando volta ao mundo em um veleiro. Namastê 🙏🏼
Esse post foi publicado em #Svphareanagrecia🇬🇷. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s